Filtre por assunto: Gestão Inovação Tecnologia

Como melhorar a segurança da informação nas empresas?

Não é incomum escutarmos na mídia casos de ataques e invasões cibernéticas aos sistemas corporativos de grandes companhias. A segurança da informação nas empresas é algo sério, porém, ainda negligenciado por boa parte delas.

Isso é ainda mais verdade tratando-se das organizações brasileiras de pequeno e médio porte, que, devido a uma maior vulnerabilidade, se tornaram alvos fáceis e cada vez mais procurados pelos criminosos virtuais. De acordo com uma pesquisa publicada pela ESET, cerca de 65% já tiveram problemas em relação à proteção dos seus dados.

Nesse contexto, os incidentes incluem infecção por vírus e malwares, phishing, acesso indevido, fraude interna, ataques DDoS e indisponibilidade e problemas nos equipamentos físicos. De qualquer maneira, este artigo foi elaborado para mostrar como melhorar a segurança da informação nas empresas. Então, não perca esta leitura!

Estabeleça uma política de segurança da informação nas empresas

Tudo deve começar com o estabelecimento de uma política de segurança, determinando e documentando quais técnicas, práticas e ações serão adotadas para o uso seguro dos dados.

Entenda que é por meio dessa política que se criará um código de conduta interno, instituindo o que pode e o que não pode ser feito no que se refere ao manejo das informações. Isso é importante para que os funcionários não assumam riscos desnecessários quando estão utilizando os sistemas de trabalho.

A ausência de diretrizes dá a alguns colaboradores a ideia de que eles podem acessar o que quiserem. As mídias sociais estão autorizadas na rede corporativa? É permitido abrir o e-mail pessoal? Para que fins o e-mail profissional pode ser utilizado?

Essas e outras questões não devem ser deixadas em aberto, pois ao não delimitar a liberdade quanto à navegação na internet e ao uso dos dispositivos — computadores, notebooks, tablets e smartphones —, aumentam-se as chances do vazamento de informações e da entrada de vírus e malwares, por exemplo.

Invista em ferramentas e tecnologias adequadas

Se você não investir em ferramentas e tecnologias adequadas, saiba que não conseguirá garantir a segurança das suas informações. Para evitar problemas como a perda, o roubo ou o sequestro dos dados, é preciso manter a sua estrutura de TI sempre atualizada.

O erro de muitas organizações é justamente esse, ou seja, não atualizarem os seus programas, equipamentos e procedimentos. Quando ultrapassados, é certo que estarão mais vulneráveis a panes, ataques e invasões.

Por essa razão, é interessante apostar no outsourcing de TI, já que, ao contratar uma empresa especializada em tecnologia da informação, você não terá que se preocupar com os altos e constantes investimentos com as atualizações de softwares e hardwares.

Supondo que você faça uma boa escolha no que diz respeito a esse parceiro, fique tranquilo, pois terá o que há de melhor em termos de segurança e infraestrutura. Isso sem falar que terá à sua disposição um time de profissionais altamente capacitados e um suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana.

O ponto a destacar, nesse caso, é que, com um provedor de TI com expertise de mercado ao seu lado, você terá garantida a criptografia dos dados. Planilhas financeiras, minutas de contratos, relatórios sensíveis, planos de marketing e qualquer outro documento estratégico devem ser protegidos por sistemas de criptografia.

Crie um programa de treinamento e conscientização

Outra dica para diminuir os riscos da segurança da informação nas empresas é criando um programa de treinamento e conscientização. Tenha em mente que a não capacitação dos colaboradores acerca do uso dos softwares corporativos pode resultar em graves consequências.

Quando utilizados sem o devido cuidado, sistemas de gestão que abrangem dados sigilosos e, muitas vezes, estratégicos podem causar danos à organização.

Em resumo, usuários mal treinados e não conscientes dos perigos podem colocar o negócio em risco se forem os responsáveis por operar esses tipos de soluções. Cabe salientar, ainda, a importância de se criar fortes senhas — o indicado é combinar letras (maiúsculas e minúsculas), símbolos e números, com pelo menos 8 dígitos.

Realize backups e tenha um plano de contingência

Nem mesmo as maiores companhias do planeta estão imunes a falhas. Data Centers indisponíveis, servidores invadidos ou panes nos sistemas são situações que podem acontecer a qualquer momento, mesmo com todos os cuidados em dia.

Em vista disso, não se pode esquecer dos backups e de desenvolver um bom plano de contingência. O primeiro é que possibilitará a recuperação dos dados em caso de perda. O procedimento é simples e rápido, pouco afetando a continuidade das operações.

O segundo, por sua vez, é o que deixará exposta a forma como as suas equipes deverão proceder diante das possíveis falhas técnicas e/ou operacionais. Fique sabendo que a falta de backups e de um plano de contingência está entre os principais erros no que corresponde à segurança da informação nas empresas.

Adote termos de confidencialidade

Funcionários internos, colaboradores terceirizados e, até mesmo, alguns fornecedores, dependendo das atividades e características de atuação do negócio, precisarão acessar dados da organização para realizarem as suas tarefas.

É por esse motivo que esse tipo de relação deve ser preestabelecido por um termo de confidencialidade, que nada mais é do que um contrato pelo qual uma pessoa (física ou jurídica) se compromete com a manutenção do sigilo das informações trocadas durante a elaboração ou execução de um determinado projeto, por exemplo.

Por último, é importante ressaltarmos que a segurança da informação nas empresas deve ser trabalhada, também, do ponto de vista físico. Afinal, apesar de serem digitais, essas informações ficam armazenadas em equipamentos reais.

Portanto, é necessário considerar a prevenção de riscos como incêndios, alagamentos, acessos não permitidos e manuseios inadequados. E, além disso, claro, lembre-se de investir em cibersegurança.

Enfim, com a segurança da informação nas empresas não se brinca. O assunto é sério e merece o máximo de sua atenção.

Se quiser saber mais e ficar por dentro de outros conteúdos tão relevantes quanto este, siga e acompanhe a nossa página no Facebook!