Filtre por assunto: Gestão Inovação Tecnologia

O que esperar do profissional de TI em 2020

Todo segmento de mercado tem as suas exigências e suas necessidades com relação ao perfil dos profissionais. No entanto, entre as profissões modernas, a área de Tecnologia da Informação (TI) é uma das que mais sofre transformações em um curto período de tempo, o que exige competências que vão além do padrão básico.

Nos últimos anos, a carência de mão de obra qualificada tem sido um dos grandes problemas enfrentados por quem precisa contratar. Afinal, é preciso levar em consideração que o novo profissional da área não é mais aquele que fica sentado na frente do computador envolto em códigos de programação. Mais do que apenas desempenhar funções tradicionais, os trabalhadores precisam compreender as necessidades técnicas da empresa e conseguir traduzi-las em ferramentas de TI.

Mercado de tecnologia exige um novo perfil do profissional de TI

“Em 2020, será exigida dos profissionais que atuam com tecnologia uma combinação de conhecimento especializado com habilidades comportamentais.”

Afirmação retirada do artigo “Profissionais de TI do futuro”

Perfil empreendedor

Hoje em dia, o profissional de TI deve ter, antes de tudo, um perfil empreendedor, indo além das suas atividades, com um espírito e atitude de liderança. Com uma visão ampla dos negócios e conhecendo o mercado que a empresa está inserida, ele consegue otimizar o tempo de desenvolvimento das soluções de TI com um dinamismo e uma criatividade que não eram encontrados nos profissionais de antigamente.

Estar alinhado ao core business do negócio

Outra qualidade a ser ressaltada é que o profissional de TI deve saber entender o outro lado, sugerindo soluções e vendendo ideias que atendam às especificidades de cada cliente. O profissional técnico entende que o seu papel não é apenas operacional, mas, cada vez mais, de consultor.

Eles devem estar aptos para levar aos clientes as melhores soluções e serviços aderentes aos negócios. O objetivo é estar mais próximo de cada cliente para entender o que ele precisa no dia a dia e, assim, possibilitar que ele usufrua da melhor forma as tecnologias e sistemas disponíveis pela companhia.

Ser autodidata

Manter-se atualizado é algo que a profissão exige, pois está sempre em constante mudança devido à rápida evolução tecnológica. Nesse quesito, a rapidez da transformação digital faz com que até mesmo os treinamentos mais recentes se tornem obsoletos. Por isso, é importante que o especialista busque o conhecimento constantemente, seja proativo e esteja atento às tendências e movimentos do mercado de trabalho de TI.

E o que fazer com toda essa informação? Obviamente, compartilhá-la. O diferencial dos novos profissionais está em não guardar as informações somente para si, pois a interação com os colegas valoriza o trabalho em grupo e ajuda todos a desenvolverem suas atividades da melhor forma possível.

Conhecimento sobre diferentes áreas

Já com relação ao conhecimento técnico, a dica é sempre ficar atento às novidades e tendências. Hoje, os especialistas recomendam que o profissional de TI tenha conhecimentos em:

  • Business Intelligence (BI);
  • Cloud computing;
  • Virtualização;
  • Big data;
  • Programação e desenvolvimento de aplicativos;
  • Mobilidade;
  • IOT – Internet das Coisas;
  • Linguagens de programação, como SQL, Net e Java.

___________

Fique atento a essas tendências e não perca as oportunidades que o setor de TI reserva. Para mais dicas, acesse a página da Consistem.



Nilo Meinchein

Nilo Meinchein

Diretor Comercial da Consistem

Deixe seu comentário