Filtre por assunto: Gestão Inovação Tecnologia

Como um sistema ERP pode expandir a produção industrial?

A produção industrial é um ramo que sempre busca por otimizações, por meio de sistemas confiáveis, que atendam às demandas. Sendo assim, constantemente, é necessário encontrar alguma forma de reduzir custos, aumentar a produtividade e reduzir erros humanos.

Nesse sentido, o ERP é uma solução que ajuda a controlar o chão de fábrica, com a possibilidade de integrá-lo às demais áreas da organização, com um acompanhamento em tempo real de todos os dados da companhia.

Neste artigo, discutiremos o funcionamento e benefícios da ferramenta, tendo como exemplo a indústria de papel e celulose, na qual as vantagens do sistema podem fazer a diferença em termos de produtividade e controle.
Confira!

Por que os ERPs são fundamentais para o crescimento das empresas?

Em primeiro lugar, o conceito de ERP – sigla para Enterprise Resource Planning (Planejamento dos Recursos Empresariais) – se refere aos softwares de gestão integrada, utilizados na produção industrial.

Em relação ao funcionamento, os ERPs são baseados em um conjunto de módulos táticos, estratégicos e operacionais, que são organizados de acordo com as necessidades e características da empresa em questão.

Tendo uma base de dados comum, o ERP integra as tarefas e permite o acompanhamento de todos os procedimentos. Com isso, a comunicação entre setores é beneficiada, diminuindo, assim, os erros e desencontros de informações.

E é exatamente por essa razão que os ERPs são tão importantes, pois eles colaboram para o desenvolvimento e a otimização dos processos produtivos, comerciais ou gerenciais, por exemplo.

O ERP na indústria de papel e celulose

Agora que você já sabe como o ERP funciona, mostraremos a seguir suas principais funções na produção industrial de papel e celulose.

Aqui vale destacar um ponto: além de integrar as informações da empresa em uma única base de dados, é possível, também, automatizar parte dos processos. E essa integração elimina a necessidade de programas específicos para determinados departamentos.

Vantagens do ERP para expandir a produção industrial

Em termos práticos, a adoção desse sistema é fundamental porque:

Reduz o controle manual

Folhas de pagamento, gestão de clientes, manutenção de estoque, compra de produtos, pagamentos e recolhimento de tributos… Há diversas variáveis a controlar. Apesar disso, muitas organizações ainda dependem quase que exclusivamente dos controles manuais, utilizando planilhas ultrapassadas e sem integração dos dados.

Além de ser um desperdício de tempo, os trabalhos manuais são mais suscetíveis a erros. Embora não seja inviável evitá-los por completo, ao automatizar os controles de produção por meio de um ERP, é possível roteirizar processos, garantindo a padronização, que é tão importante em segmentos como o do papel e celulose.

Oferece informações estratégicas

Outro motivo que torna o ERP fundamental está relacionado às informações estratégicas do negócio. Ao utilizar esse tipo de software, é possível obter essas informações de forma mais facilitada. Isso acontece pela capacidade do sistema em analisar as diferentes variáveis da companhia, independentemente de quais sejam os números ou valores.

Porém, o fator-chave nesse contexto é o cruzamento dos dados, recurso essencial para que você possa estudá-los. Isso possibilita o ajuste dos trabalhos de acordo com as necessidades ou objetivos da organização. Pense bem: como aumentar a produção da indústria sem que haja uma harmonia entre os setores e as atividades desenvolvidas?

Voltando ao exemplo da indústria de papel e celulose, com o sequenciamento das ordens de fabricação, as informações dos processos se organizam de forma gráfica, facilitando o planejamento dessas ordens por máquina.

Facilita o acesso aos dados

A facilidade de acesso aos dados é mais uma das razões pela qual o emprego dos ERPs favorece o crescimento da empresa. Por ser um sistema integrado e que disponibiliza os dados somente em um único local, acessá-los não será nenhum problema.

Com a rastreabilidade por lote ou pedido, é possível controlar os estoques desde a matéria-prima até a venda, por meio do número de série.

Por fim, é válido salientar que os investimentos em soluções tecnológicas são sempre vantajosos para a produção industrial. Atualmente, não usufruir da tecnologia para otimizar as atividades e os procedimentos de gestão é um erro.

No entanto, é de extrema importância que você busque fornecedores reconhecidos e com expertise de mercado. Tenha em mente que você precisará ter critérios e que o aumento da produção da indústria não ocorrerá com qualquer ERP.

É preciso escolher uma ferramenta adequada e capaz de atender às exigências, aos objetivos e às particularidades do negócio. Por isso, analise os recursos oferecidos com cuidado e com atenção — lembrando sempre de averiguar as características do suporte ao cliente para aproveitar a ferramenta ao máximo.

E então? O que achou deste conteúdo? Esperamos que você tenha gostado de saber mais sobre como um sistema de ERP pode expandir a produção industrial. Aproveite para conferir como o software pode aprimorar os processos das empresas de papel e celulose. Até breve!


Fique por dentro das novidades. Assine a newsletter da Consistem.