Filtre por assunto: Gestão Tecnologia

Saiba como tomar decisões assertivas utilizando um ERP

O processo de tomada de decisões em uma organização deve ser pautado em informações seguras, em tempo real e que forneçam todo o subsídio necessário para que o gestor possa buscar a maximização dos resultados.

Mas como isso pode ser feito da melhor forma em uma organização? Nesse post você entenderá como tomar decisões assertivas utilizando um ERP, além de seus benefícios e vantagens competitivas para o negócio.

Como tomar decisões assertivas utilizando um ERP

Um bom ERP, além de deixar a realização das tarefas muito mais rápida e eficiente, já que trabalha com a padronização de processos, também auxilia os gestores no processo de tomada de decisões. Isso ocorre porque as informações são alimentadas, em tempo real, em diferentes departamentos, e fornecem uma visão diferenciada do negócio.

Além disso, acontece a racionalização do tempo dos funcionários pela diminuição de erros e retrabalhos, já que essas soluções possuem interfaces intuitivas e fáceis de operar, que auxiliam os colaboradores em suas rotinas diárias.

Um ERP é composto por diferentes módulos e a sua integração é formada por um fluxo de informação que vai desde a fábrica, passando por todos os departamentos produtivos e de apoio, chegando até os tomadores de decisão na organização.

Empresas que estão em crescimento ou querem expandir as suas atividades (ou ainda que possuem processos que não estão organizados de maneira eficaz) possuem indicação para o uso de um ERP. Ele otimiza, auxilia no crescimento e orienta a racionalização dos processos, o que é essencial para a expansão do negócio.

Os módulos na produção, estoque e manutenção

Um ERP de qualidade é composto por diferentes módulos que podem ser adaptados à estrutura de sua organização. No caso da produção, por exemplo, o módulo do ERP possibilita tanto o planejamento quanto o monitoramento de toda a atividade fabril.

Já na parte de gestão de estoques, é possível otimizar toda a administração das mercadorias, acompanhando essa área e entendendo se a empresa tem ou não momentos de sazonalidade. Controlar bem os estoques diminui desperdícios e evita gastos com armazenagem e produtos parados.

Com isso, é possível conhecer os custos e definir de forma mais precisa o preço de venda dos produtos e serviços da empresa, maximizando o resultado. Com a solução voltada para compras, os colaboradores da área podem buscar as melhores opções para a organização, fazer cotações e programar aquisições.

Já o módulo voltado à manutenção industrial auxilia o gestor no controle de manutenções preventivas. Elas são essenciais para que as atividades ocorram de maneira correta e não sejam interrompidas por problemas e consertos fora de hora, assim como auxiliam na racionalização dos gastos com aquisições de ativos.

Os módulos financeiro, de controladoria e a gestão comercial

A gestão financeira também pode ser impulsionada com o uso de um ERP. O processo de decisão fica facilitado com a integração das informações dos departamentos de compras e vendas e a possibilidade de uso de ferramentas essenciais de análise como o fluxo de caixa, entre outras.

Já a controladoria, área essencial nas empresas da atualidade, pode usufruir de diferentes benefícios. O software auxilia o gestor no cumprimento das obrigações acessórias, como é o caso do SPED e elaboração de outras demonstrações contábeis obrigatórias.

Além disso, com a tecnologia é possível fazer todo o controle patrimonial do negócio. Estas soluções permitem a projeção dos resultados, verificação de informações históricas e a realização da gestão orçamentária, o que auxilia em um melhor controle dos recursos financeiros da organização.

O software integrado ao departamento de produção possibilita o acompanhamento dos custos da organização. Eles podem ser entendidos e controlados por departamento, linha de produção ou ainda por produto, permitindo diferentes pontos de vista ao gestor.

Outro módulo importante de um bom ERP é o de gestão comercial. Essa solução impulsiona o entendimento sobre demanda dos clientes e pedidos, como eles estão dentro da produção, entre outros dados.

Os diferenciais de um ERP na tomada de decisão

Como você já pode perceber, um ERP faz toda a diferença em uma organização. Além de dinamizar a rotina dos colaboradores, esta solução permite uma revolução no processo de tomada de decisão. Este processo fica rápido, seguro e eficiente.

Com um sistema integrado de gestão todas as informações ficam disponíveis de forma unificada, permitindo uma visão ampla do negócio, o que melhora o foco empresarial e a atenção nas atividades da organização.

A flexibilidade é outro ponto de destaque de um ERP. Os relatórios e acessos podem ser diferenciados, de acordo com o perfil de cada usuário e organização. Isto garante praticidade e eficiência no uso das informações.

Um ERP evita a duplicidade ou ainda o esquecimento do registro nas informações, já que a integração permite um melhor controle do registro e acompanhamento dos dados da organização. A segurança destes dados também é garantida, já que eles são armazenados de forma segura e com backups que garantem a integridade dos dados.

 

Então, entendeu como funcionam estas soluções integradas? Se ficou com alguma dúvida ou tem algum comentário, não esqueça de compartilhar conosco!


Fique por dentro das novidades. Assine a newsletter da Consistem.