Filtre por assunto: Gestão Inovação Tecnologia

Por que é importante calcular o ROI de um sistema ERP?

Já falamos por aqui o quanto os softwares de gestão são indispensáveis para as empresas que desejam crescer. Entretanto, quando falamos dos benefícios que o sistema pode trazer para um negócio, nem sempre todos os resultados podem ser notados no dia a dia. Para isso, existe o cálculo do retorno sobre investimento. Ou seja, para saber se a aquisição foi válida, é necessário calcular o ROI de um sistema ERP.

O ROI trata-se de uma métrica fundamental para avaliar o desenvolvimento saudável do negócio. Com ela, é possível avaliar como anda a qualidade dos investimentos realizados nas diversas frentes da organização.

Ficou interessado e quer saber como calcular o ROI do seu sistema de gestão? Confira nosso artigo completo sobre o assunto!

O que é e como calcular o ROI de um sistema ERP?

O termo ROI vem do inglês Return on Investment — em português, Retorno sobre o Investimento. Essa métrica é considerada por muitos profissionais de marketing e departamentos financeiros como uma das mais importantes para a gestão de um negócio, pois ela nos aponta a relação entre os investimentos e ganhos da empresa, além de indicar a margem de lucro (ou prejuízo) obtido no gasto com algum setor ou a aquisição de algum equipamento.

Para o seu cálculo existe uma fórmula. Veja a seguir:

ROI = receita obtida – custo do investimento x 100 / custo do investimento.

Exemplo:

ROI = R$ 10.000,00 – R$ 4.000,00 x 100 / R$ 4.000,00. Nesse caso, o ROI será 150%.

Para saber como calcular o ROI de um sistema ERP, devemos estipular a receita obtida por meio de alguns fatores, como a redução de custos trabalhistas, o ganho de automatização de estoques e a redução de retrabalho.

O que é o ROI previsto?

Também é possível realizar o cálculo do ROI antes de investir, chamado de ROI previsto. A conta é feita da mesma maneira, mas são utilizadas projeções e estatísticas que vão revelar se determinado investimento trará o retorno esperado.

Como obter um bom ROI sobre o seu sistema de gestão?

De nada adianta operar com boas projeções sobre os investimentos realizados apenas com o cálculo do ROI, pois existem outros fatores, externos, que vão interferir nestes resultados. Para o retorno de investimento ser eficiente, é importante prestar atenção em outros quatro detalhes, veja a seguir:

  1. Saber onde aplicar os sistemas de gestão

Para que o retorno do investimento seja realmente eficiente, é necessário que o gestor saiba alinhar a nova aquisição com as estratégias do negócio.

Reconhecer as reais necessidades da empresa para efetuar o investimento certo. Esse ponto é mais uma questão de pesquisa e estratégia do negócio do que a previsão de retorno.

Dessa maneira, é essencial verificar se a presença deste novo sistema está realmente conectada com os objetivos da empresa.

  1. Investir em Tecnologia da Informação

Qual é o propósito de adquirir um novo sistema de gestão, se a equipe ou a estrutura de tecnologia de informação da empresa não está preparada para corresponder, da forma esperada, para o bom funcionamento desse novo sistema?

É sempre necessário checar, com a própria equipe de funcionários, se existe realmente a possibilidade da implantação desta nova tecnologia, seja por questões técnicas ou por questões de capacitação profissional.

  1. Ter uma equipe comprometida com o projeto

Em todos os departamentos da empresa, o retorno de investimento está ligado ao comprometimento dos funcionários com o novo sistema, não apenas à equipe de TI.

Quanto maior for o desempenho e o engajamento da equipe para fazer o novo projeto funcionar, melhores serão os resultados obtidos e, consequentemente, maior será a sua rentabilidade.

Se a equipe não estiver motivada para a utilização no novo projeto, menor será a capacidade de efetivação desse sistema e o resultado é um menor retorno sobre o investimento.

Gostou de aprender sobre o ROI? Então, nos siga nas redes sociais e aprenda ainda mais com as nossas dicas! Estamos no Facebook, no Instagram, no YouTube e no LinkedIn.