Filtre por assunto: Gestão Inovação Tecnologia

Saiba como controlar produtos vencidos na indústria alimentícia

Entre os grandes desafios da indústria de alimentos, a validade dos produtos tem lugar de destaque. Afinal, se não houver uma logística capaz de fazê-lo chegar ao consumidor antes da data de expiração, há grandes chances de perdas — o que significa prejuízo para o fabricante.

Esse setor está sujeito a exigências específicas e segue tendências particulares. A legislação determina que os fabricantes garantam a qualidade dos alimentos que produzem. Por isso, é essencial que as empresas alimentícias saibam como controlar produtos vencidos.

Eles devem observar, por exemplo, as exigências mínimas para não colocar em risco a saúde do consumidor. Essas características são exigências dos órgãos de inspeção e fiscalização, e o seu descumprimento prevê multas e outras penalidades.

Uma das formas mais eficientes de fazer esse controle é usando um sistema de gestão empresarial, como o ERP. Com ele, é possível, por exemplo, separar os produtos por nome, código, categoria, data de validade, e assim por diante.

Para saber mais sobre esse processo, leia o post a seguir!

Saiba como ERP ajuda a controlar produtos vencidos na indústria alimentícia

Integração entre setores

Para fazer um controle eficiente de data de expiração dos produtos, uma das primeiras ações é a integração da comunicação entre as diferentes áreas da indústria. Sem um sistema integrado, é impossível que haja comunicação efetiva entre os departamentos, e isso significa não saber detalhes sobre as mercadorias.

Com isso, pode haver gargalos que impeçam o desenvolvimento do processo de forma eficiente. O ERP permite automatizar processos, diminuir as chances de erro nas atividades cotidianas e, assim, eliminar o retrabalho e o desperdício de tempo.

Como o sistema integra os departamentos e fornece indicadores de desempenho de cada etapa do processo, garante transparência e segurança no momento das tomadas de decisão estratégicas. O ERP oferece relatórios periódicos que podem ser separados por produto, dependendo de quais itens requerem análise.

Essa ação é uma das melhores formas de controlar o vencimento de produtos. Isso porque esse tipo de sistema ajuda a fazer melhor gestão de armazenagem das mercadorias — e, consequentemente, saber exatamente em que condições está cada um dos itens produzidos.

Gestão de armazenagem

A gestão de armazenagem é estratégica nesse cenário. Para se ter uma ideia das perdas envolvendo produtos vencidos, basta analisar os dados de um levantamento da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC): ele mostra que, nos supermercados, esse número chega a 39,6%. Esse é, inclusive, o maior fator de perda de faturamento no segmento.

Uma boa gestão de armazenagem pode ajudar a evitar essas perdas. Com um ERP, é possível fazer um armazenamento mais adequado de forma a controlar as datas de vencimento dos produtos. E todos ganham com isso, já que é possível reduzir custos e melhorar tanto a produtividade quanto a eficiência.

Ou seja, a indústria que faz um controle apurado das datas de vencimento de seus produtos tem mais chances de conquistar vantagens competitivas em relação à concorrência. Um sistema adequado é essencial para que a empresa administre esses produtos de forma apropriada.

É importante que os itens sejam identificados por códigos de barra ou sensores inteligentes: isso torna a comunicação rápida e eficaz, e garante que o produto será monitorado desde o momento em que chega ao armazém até quando sai dele.

Com isso, dificilmente um produto ficará fora do lugar, em condições inadequadas de armazenamento (como no caso dos itens refrigerados, por exemplo) ou esquecido em algum canto. Com o ERP, a equipe tem acesso a todos os detalhes da mercadoria e informações sobre alterações ou anomalias.

Além disso, o sistema pode enviar alertas quando as datas de vencimento dos produtos estiverem próximas. Assim, a indústria pode administrar melhor a logística dessas mercadorias. É mais rentável, por exemplo, fazer uma promoção para acabar com o estoque do que perdê-lo (ou, pior, vender mercadoria vencida).

Controlar produtos vencidos é de extrema importância

Controle de custos

É natural que uma boa gestão da armazenagem ajude a empresa a economizar, já que esse controle diminui as chances de se encontrarem produtos vencidos. De qualquer forma, mesmo que eles sejam encontrados, é essencial saber o custo dessa falha e buscar meios de reduzi-la.

Uma boa ideia é que o sistema sinalize o vencimento das mercadorias semanalmente, por exemplo (ou de acordo com a realidade da indústria ou dos produtos que, às vezes, têm validade bastante curta). Dessa forma, é possível fazer um acompanhamento mais próximo dos itens.

Com esse tipo de gestão, se a saída de uma mercadoria não estiver satisfatória, por exemplo, é possível definir ações para cada semana de acompanhamento. Fica mais fácil, assim, criar estratégias promocionais ou mesmo campanhas em distribuidores específicos — sempre buscando evitar a perda dos itens.

Isso é importante porque, quanto antes se agir nesses casos, menores serão as chances de prejuízo. Se, entretanto, houver a efetiva perda de mercadoria em razão do vencimento, é importante lembrar que é preciso fazer sua destinação adequada. Veja, a seguir, algumas práticas essenciais nesse caso.

Logística reversa

O fabricante deve se responsabilizar pela retirada dos produtos vencidos do ponto de venda. Isso garante a segurança alimentar do consumidor e evita intoxicações e infecções. Com isso, a indústria mantém sua reputação ao proteger a saúde dele.

Ela deve estar sempre atenta à movimentação de suas mercadorias porque, se um comerciante fizer uma promoção para liquidar seu estoque (e não perder o investimento feito no produto) e houver alguma contaminação, a penalidade legal recai sobre a indústria — que ainda pode ter sua credibilidade abalada.

Destinação de resíduos

Quando a fábrica faz um controle adequado de itens vencidos, fica mais fácil destinar corretamente os resíduos. É importante lembrar que o descarte dessa mercadoria no lixo comum contamina o meio ambiente, já que seu processo de decomposição pode ser um poluidor e, assim, contaminar o solo e os lençóis freáticos.

A destinação correta dos produtos vencidos pode ser a fabricação de ração animal ou de adubo orgânico. Quando não atende aos requisitos para o reaproveitamento, o alimento deve ir para um aterro sanitário e, assim, receber o tratamento adequado.

Todo esse trabalho fica mais fácil quando a indústria usa um ERP, já que as informações ficam concentradas em um mesmo lugar. Ter esse tipo de sistema, portanto, é fundamental para fazer um controle de armazenagem eficiente e, assim, acompanhar a validade dos produtos.

Preparado para fazer o controle de produtos vencidos na sua indústria? Compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais para que mais pessoas tenham acesso a ele!