Filtre por assunto: Gestão Inovação Tecnologia

Como integrar o Business Intelligence com as demais áreas da empresa?

Com um mercado altamente competitivo, as organizações precisam investir diariamente em estratégias a fim de aperfeiçoar seus processos e atividades organizacionais. Diante desse cenário, o Business Intelligence (BI) surge para otimizar e integrar as ações das empresas, contribuindo para uma gestão mais eficiente e melhores resultados.

Investir nessa integração é muito importante para as corporações que desejam se manter sólidas no ambiente empresarial. Isso porque o BI representa um diferencial na organização em questões de processos gerenciais.

Quer saber mais sobre o BI, aprender como integrá-lo às áreas da empresa e sair na frente da concorrência? Então continue acompanhando este post. Boa leitura!

Como o BI pode ser integrado às áreas da organização?

Nós já explicamos aqui que o BI é uma técnica inteligente de captação de dados, que pode ser realizada por meio de um sistema ERP. E no momento de integrar o BI às áreas da empresa, é importante levar alguns pontos em consideração. Confira as dicas que separamos:

Mobilize sua equipe

Você deve se reunir com os diretores da empresa e traçar objetivos que atendam à necessidade de se implantar o BI na organização. Logo após, procure promover uma conscientização coletiva em todos os colaboradores.

Ainda que se tragam ferramentas e tecnologias de BI para a organização, é importante que todos da equipe aceitem e sintam-se preparados para contribuir com elas. Só assim seu empreendimento conseguirá extrair os melhores resultados.

Demonstre o valor de se implantar o BI à gestão

Nem sempre é fácil convencer a todos da empresa sobre a adoção de ferramentas para análise e uso estratégico de dados. Muitos veem isso, erroneamente, como um custo organizacional e não como um investimento.

Uma das formas de tentar mostrar isso aos gestores é, desde a implantação, atualizá-los sobre os ganhos obtidos através do BI, sejam em produtividade, decisões assertivas, indicadores de desempenho, entre outros. Assim, será possível persuadi-los sobre as vantagens de se integrar o BI ao sistema de gestão da organização.

Defina os requisitos de informação

Fale com os gestores de cada departamento da organização e entenda quais as tecnologias que já estão disponíveis. É importante saber onde ficam e avaliar a qualidade das informações que fornecem.

Conheça sobre os gargalos que poderão ser evitados através da integração do BI e procure definir o tipo de informação, período e formato.

Instrua gerentes e responsáveis

Escolha quem serão as pessoas responsáveis pelo BI na empresa e garanta que as diferentes áreas estejam bem representadas. Depois disso, instrua essas pessoas a decidirem quais informações são relevantes para criar os indicadores de desempenho e assegure-se de que tenham entendido todo o funcionamento do sistema.

Determine os indicadores de desempenho

As equipes de projeto deverão definir em conjunto com os departamentos quais serão os indicadores de desempenho. Eles servirão para indicar se as metas da empresa estão sendo alcançadas, bem como os objetivos.

Se houver alguma discrepância entre o que era esperado e o resultado obtido, algumas atitudes devem ser tomadas para reverter essa situação.

Integre sistemas de gestão

É comum que uma empresa utilize mais de um sistema em cada departamento para realizar suas atividades. No entanto, integrar todos eles pode ser uma solução interessante, uma vez que as informações relevantes estarão disponíveis aos setores da organização em um único local. Essa medida vai facilitar a visualização e a comunicação entre os departamentos, contribuindo para o trabalho em equipe.

Para o setor de marketing mensurar seus resultados e retornos de investimento, ou até mesmo definir estratégias, precisa ter informações, por exemplo, da área comercial. Com o BI, não é preciso esperar que as áreas da empresa forneçam seus dados para conseguir fazer a análise da situação, pois as informações ficam disponíveis automaticamente no sistema.

É possível ainda que os fornecedores ligados à organização, em parceria, consigam informações sobre números de estoque da organização, sendo avisados quando esses atingirem os limites mínimos. Esse processo fica bem mais rápido e fácil com o BI.

Como vimos, o Business Intelligence faz toda a diferença na qualidade das informações e no compartilhamento desses dados. Sua integração às áreas da empresa depende da colaboração e da conscientização da equipe, podendo contribuir para diversos ganhos organizacionais: o trabalho em conjunto é fortalecido e as decisões passam a ser mais assertivas, diminuindo bastante os riscos.

Gostou do post? Quer aprender um pouco mais sobre o assunto? Então comece entendendo por que o BI é um módulo estratégico do ERP!


Fique por dentro das novidades. Assine a newsletter da Consistem.